18 março 2013

Programação inovadora marca a terceira edição da Jornada EaD: o futuro da arte

Evento substitui palestra por talk show e debate como games, tablets e smartphones viram a sala de aula “de ponta a cabeça”



Por Clécio Vidal e Karla Vidal

700 mil telefones Android entram em circulação diariamente. Dois meses de upload no Youtube produzem conteúdo equivalente a 50 anos de televisão. Os cursos online começam a ser estendidos para públicos massivos. O crescente uso do itálico para destacar o empréstimo de termos estrangeiros é a marca mais sutil deste contexto, onde as fronteiras entre arte, tecnologia, divertimento e educação estão se reconfigurando fortemente. Para discutir esta nova geografia, pesquisadores de diferentes áreas estarão reunidos na III Jornada EaD: o futuro da arte, que acontece no próximo dia 6 de abril na Universidade Anhembi-Morumbi, São Paulo.

O evento não se resumirá à tradicional modalidade da palestra. Adotará o talk show como forma de socializar o conhecimento. A ideia é promover um cara a cara entre alguns dos maiores pesquisadores brasileiros em tecnologias aplicadas à educação, a exemplo de Lúcia Santaella (PUC-SP e USP), com mais de 30 anos de pesquisa na área de comunicação e semiótica, e João Mattar, um dos maiores especialistas brasileiros em agitação e articulação de redes sociais. Durante o talk show, será feito um retrospecto da carreira de Santaella, com provocações teóricas a respeito de seus principais conceitos como o de linguagem líquida e da possibilidade de, por meio das redes sociais, tornar a educação onipresente.

Mattar falará sobre os desafios para uma incorporação bem-sucedida dos games e das redes sociais nos ensinos fundamental, médio e superior, bem como no âmbito empresarial. Refletirá ainda sobre os procedimentos e implicações dos cursos online abertos para públicos massivos, fenômeno que começa a ganhar espaço no Brasil.

Figurando no Top 100 da Online Universities como uma das especialistas mundiais em tecnologia e considerada a 8ª professora mais influente do mundo no Twitter, a pesquisadora Martha Gabriel, autora do best seller Marketing na Era Digital, trará para o evento sua experiência em combinar marketing, design e Belas Artes. “Para dominar o marketing no ciberespaço, é preciso aprender não só a se comunicar com as pessoas, mas também a conversar com os computadores”, salienta. A fim de indicar maneiras de desenvolver esta conversa, Martha, palestrante internacional diversas vezes premiada, traz para a Jornada EaD palestra cujo foco são as estratégias de marketing digital para instituições de ensino, como redes sociais, mobile e busca.

Sala de aula virada de ponta a cabeça - Flipped classroom ou sala de aula invertida é uma nova proposta de aprendizagem que se apropria de ferramentas como os tablets e smartphones para subverter os limites entre casa e sala de aula, O pesquisador André Genesini, do Centro Universitário SENAC-SP, descreverá os principais aplicativos e metodologias usadas para inverter a sala de aula, integrando os tablets e smartphones ao currículo escolar. Genesini aponta caminhos para administrar, no circuito multimidiáitco, a problemática relação entre autoria, trabalho em grupo e a pesquisa colaborativa.

Durante a III Jornada, a professora Maria Elizabeth Bianconcini (PUC-SP) conduzirá um debate sobre os rumos do curso de Pedagogia a distância no Brasil, com base nos resultados de pesquisa da Fundação Victor Civita.

Na palestra Evolução do Design Instrucional e Desafios Futuros, a pesquisadora do Senai, Andrea Filatro, vai destacar a evolução dos conceitos, processos e produtos oriundos das práticas do Design Instrucional (DI). O termo Design Instrucional (DI) é um dos mais empregados nas discussões sobre educação a distância e diz respeito aos processos de planejamento, formatação e desenvolvimento de metodologias, materiais didáticos e atividades pedagógicas específicas para a EaD.

Contatos para a imprensa 
Prof. Dr. João Mattar 

SERVIÇO

III Jornada EaD: o futuro da arte 
Quando? 06 de abril de 2013 (sábado). 
Onde? Auditório da Universidade Anhembi Morumbi. Rua Casa do Ator, 275. Vila Olímpia. São Paulo. 
Horário? 08 às 18h. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Que tal comentar?